Bom dia, Sábado da 1ª semana do Tempo comum 1ª Parte, Santo Hilário de Poitiers.
Evangelho do dia (Mc 2,13-17)
Naquele tempo, 13Jesus saiu de novo para a beira mar. Toda a multidão ia a seu encontro, e Jesus os ensinava. 14Enquanto passava, Jesus viu Levi, o filho de Alfeu, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: “Segue-me!” Levi se levantou e o seguiu.
15E aconteceu que, estando à mesa na casa de Levi, muitos cobradores de impostos e pecadores também estavam à mesa com Jesus e seus discípulos. Com efeito, eram muitos os que o seguiam.
16Alguns doutores da Lei, que eram fariseus, viram que Jesus estava comendo com pecadores e cobradores de impostos. Então eles perguntaram aos discípulos: “Por que ele come com cobradores de impostos e pecadores?”
17Tendo ouvido, Jesus respondeu-lhes: “Não são as pessoas sadias que precisam de médico, mas as doentes. Eu não vim para chamar justos, mas sim pecadores”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Jesus é assim mesmo não distingue pecadores, porque Ele não julga e sim enxerga no fundo dos nossos corações, quem deseja e aceita mudança de vida, quem quer o seguir, quem deseja a salvação.
Por isso que escolheu os 12 apóstolos cada um de um jeito, para assim modelar como um vaso nas mãos do goleiro, todos da mesma forma de acordo com o plano de DEUS.
Ele sabe de todas as nossas fraquezas e misérias, da nossa pequenez, enfim dos nossos pecados e espera de nós que não Julguemos uns aos outros, más sim nos tratamos como irmãos em Cristo, irmãos de coração buscando sempre ajudar uns aos outros,.

Deixe sua mensagem para nós: