Quarta feira da 32ª semana do tempo comum, Santo Alberto Magno.
Evangelho do dia (Lc 17,11-19)

11 Aconteceu que, caminhando para Jerusalém, Jesus passava entre a Samaria e a Galileia.

12 Quando estava para entrar num povoado, dez leprosos vieram ao seu encontro. Pararam à distância, 13 e gritaram: “Jesus, Mestre, tem compaixão de nós!”
14 Ao vê-los, Jesus disse: “Ide apresentar-vos aos sacerdotes”.
Enquanto caminhavam, aconteceu que ficaram curados. 15 Um deles, ao perceber que estava curado, voltou glorificando a Deus em alta voz; 16 atirou-se aos pés de Jesus, com o rosto por terra, e lhe agradeceu. E este era um samaritano.
17 Então Jesus lhe perguntou: “Não foram dez os curados? E os outros nove, onde estão? 18Não houve quem voltasse para dar glória a Deus, a não ser este estrangeiro?” 19 E disse-lhe: “Levanta-te e vai! Tua fé te salvou”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Como pode um único samaritano, um extrangeiro que ninguém imaginaria que fizesse no meio de mais nove Galileus, foi o único que voltou para agradecer, quantos assim não agradecem a glória de DEUS, só em abrir os olhos e respirar um novo dia devemos reconhecer a sua misericórdia, quantos pedem recebem más esquecem de agradecer, louvar e bendizer Teu Santo nome, reconhecer que só pelo Teu sopro de vida Senhor podemos viver.
Meu Senhor e meu DEUS eu creio, adoro, espero e vos amo, peço lhes perdão por aqueles que não creiam, não adoram, não esperam e não vos amam!

Deixe sua mensagem para nós: