Quarta-feira da 23ª semana do Tempo Comum

Evangelho (Lc 6, 20-26)

Naquele tempo: 
20 Jesus levantando os olhos para os seus discípulos, disse: 
‘Bem-aventurados vós, os pobres, 
porque vosso é o Reino de Deus! 

21 Bem-aventurados, vós que agora tendes fome, 
porque sereis saciados! 
Bem-aventurados vós, que agora chorais, 
porque havereis de rir! 
22 Bem-aventurados, sereis quando os homens vos odiarem, 
vos expulsarem, vos insultarem 
e amaldiçoarem o vosso nome, por causa do Filho do Homem!
23 Alegrai-vos, nesse dia, e exultai 
pois será grande a vossa recompensa no céu; 
porque era assim 
que os antepassados deles tratavam os profetas. 
24 Mas, ai de vós, ricos, 
porque já tendes vossa consolação! 
25 Ai de vós, que agora tendes fartura, 
porque passareis fome! 
Ai de vós, que agora rides, 
porque tereis luto e lágrimas! 
26 Ai de vós quando todos vos elogiam! 
Era assim que os antepassados deles 
tratavam os falsos profetas. 

 

Reflexão:

Queridos irmãos,

A liturgia desta quarta-feira do tempo comum nos coloca na perspectiva bíblica das bem-aventuranças, contrapostas aos “ais” proclamados por Jesus. Bem-aventurados os pobres, afirma Jesus, numa das bem-aventuranças. Esta resume o sentido posto evangelista. Afirmação do evangelista não quer significar que Jesus gosta da pobreza. Não! O que Lucas quer significar a uma pobreza interior e espiritual, que torna o homem aberto a graça de Deus, a sua ação. Bem-aventurados os pobres porque livres de coração vivem da providencia, não pondo suas forças e esperanças nos bens passageiros. O pobre narrado pelo evangelho não significa, necessariamente, os pobres em termos materiais. Isso é bem verdade, visto que um pobre pode ser “rico”, pois pode ter apego as suas poucas coisas. Em contrapartida “ais” os ricos que se apegam as suas coisas, tornando desigual a sociedade. Ais os ricos porque põe no dinheiro e no bem suas esperanças. É preciso um purificar do coração. Ser rico, no sentido evangélico é deixar-se guiar por Deus. Nisto podem se converter ricos e pobres, materialmente falando.

Leandro Francisco da Silva

Pós-noviço salesiano

leandrofsdb@yahoo.com.br

Deixe sua mensagem para nós: