Bom dia, Domingo, 7ª Semana da Páscoa, Solenidade da Ascensão do Senhor, Nossa Senhora de Fátima.
Evangelho do dia (Mc 16,15-20)
Naquele tempo, Jesus se manifestou aos onze discípulos, 15e disse-lhes: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura! 16Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado. 17Os sinais que acompanharão aqueles que crerem serão estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas; 18se pegarem em serpentes ou beberem algum veneno mortal não lhes fará mal algum; quando impuserem as mãos sobre os doentes, eles ficarão curados”.
19Depois de falar com os discípulos, o Senhor Jesus foi levado ao céu, e sentou-se à direita de Deus. 20Os discípulos então saíram e pregaram por toda parte. O Senhor os ajudava e confirmava sua palavra por meio dos sinais que a acompanhavam.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Quando DEUS deu a seu Filho 11 discípulos com as mais imperfeições possíveis foi os transformando através dos sinais, testemunhos e atitudes salvíficas de Jesus, não foi a toa, foi para nos provar que por mais ruim que esteja o coração e a vida de alguém, se o mesmo acreditar que é possível, aceitar a conversão e deixar Jesus agir, se arrepender dos seus pecados e deixar ser batizado por Jesus, este também será salvo em tempo.
Também nos confirma que se temos fé, nenhuma força maligna poderá nos atingir, podemos expulsar demônios e através do sobrenatural da oração com o toque das mãos, pela fé curar enfermidades.
Mas o plano de DEUS não estaria completo só assim, por isso a vontade do Pai é que evangelizamos, isto é, nós também anunciamos a sua Palavra pelo mundo inteiro e vivemos seus ensinamentos como autênticos discípulos amados.
Aí esta a esperança do Pai em Jesus para com cada um de nós. Assim para provar que é possível sermos purificados até chegarmos ao céu, Jesus foi enviado ao mundo para viver todas as nossas fragilidades humana e quando ascendeu aos céus, preparando o caminho da humanidade para eternidade,.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *